Inflação na China em Agosto a mais elevada desde 1996

12 September 2007

Pequim, China, 12 Set – A inflação na China atingiu em Agosto passado o valor mais elevado desde 1996 com uma taxa de 6,5 por cento, superior ao dobro da previsão governamental para 2007, informou terça-feira em Pequim o Departamento Nacional de Estatísticas.

O aumento da taxa de inflação, que em Junho se situava em 5,6 por cento, torna cada vez mais difícil atingir o objectivo macroeconómico do governo chinês de estabilizar a subida de preços em 3 por cento até ao final do ano.

Nos primeiros oito meses do ano, o índice de preços no consumidor subiu 3,9 por cento em comparação com o mesmo período de 2006, de acordo com uma nota de imprensa do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE).

A causa principal do aumento de preços em Agosto, de acordo com o DNE, foi a subida de 18,2 por cento no preço do cabaz alimentar, incluído a controversa subida de 49 por cento no preço da carne.

O aumento da inflação deverá fazer com que o governo chinês aprove novas medidas para arrefecer o crescimento da economia, que se expandiu 11,9 por cento no segundo trimestre do ano e 11,5 por cento na primeira metade.

As medidas governamentais que visavam causar uma contracção suave da economia, incluindo quatro aumentos das taxas de juro, não deram até agora resultados. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH