Banco Mundial revê em alta previsão de crescimento económico da China

13 September 2007

Washington, Estados Unidos da América, 13 Set – O Banco Mundial anunciou quarta-feira em Washington ter revisto em alta de 10,4 para 11,3 por cento a previsão do crescimento económico da China em 2007.

De acordo com o banco, o excedente comercial chinês e a inflação são as maiores ameaças ao crescimento económico sustentável da China, depois do o Produto Interno Bruto (PIB) do país se ter expandido 11,9 por cento no segundo trimestre de 2007 e 11,5 por cento na primeira metade do ano.

Para 2008, de acordo com o Banco Mundial, o PIB chinês deverá crescer 11 por cento.

Na avaliação trimestral da economia chinesa que o banco apresentou em Junho, a instituição previa ainda um crescimento de 10,4 por cento, mas o aumento das exportações já verificado durante o terceiro trimestre levou à revisão em alta dos cálculos anteriores.

De acordo com o relatório do BM, o crescimento do país mantém-se sólido, mas o governo de Pequim terá de corrigir o padrão de crescimento do país através de políticas fiscais e de ajustamentos estruturais.

A China anunciou na terça-feira que o seu excedente comercial registou em Agosto de 2007 um aumento para 24,97 mil milhões de dólares, o segundo maior excedente mensal na história e mais 32,82 por cento do que em Agosto de 2006.

Nos primeiros oito meses do ano, o excedente comercial chinês foi de 161,76 mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH