Moçambique e África do Sul assinam acordos fronteiriços

19 September 2007

Pretória, África do Sul, 19 Set – Os ministros do Comércio e Indústria da África do Sul e das Finanças de Moçambique assinaram terça-feira em Pretória um acordo para a criação de postos fronteiriços “one-stop” entre os dois países.

Mandisi Mpahlwa, o ministro sul-africano, disse numa conferência de Imprensa conjunta que o posto de Ressano Garcia/Komatipoort será o primeiro a sofrer obras de renovação que permitirão aos viajantes parar no futuro apenas uma vez, ao invés das actuais duas paragens, em ambas as alfândegas, separadas por escassos metros.

Esta medida, associada à recente abolição de vistos acordada pelos governos de Maputo e Pretória, permitirá uma facilidade crescente no movimento de pessoas e veículos entre os dois países vizinhos da África Austral.

Os ministros Mandisi Mpahlwa e Manuel Chang falavam à comunicação social no final da reunião da Comissão Económica Bilateral de Chefes de Estado, que decorreu na capital sul-africana com a presença dos presidentes Armando Guebuza e Thabo Mbeki.

O ministro Mpahlwa referiu que as duas delegações fizeram progressos significativos em áreas de interesse comum, como a gestão dos recursos marinhos, agricultura, geração e trocas de energia e a melhoria dos parques naturais (caso dos Parques Transfronteiriços do Kruger/Grande Lebombo e Kosi Bay/Ponta do Ouro) para que funcionem como atracções turísticas de classe mundial durante o Mundial de Futebol de 2010, na África do Sul.

Mpahlwa anunciou também que uma empresa sul-africana está a levar a cabo estudos de viabilização para a construção de uma fundição de aço na Matola, arredores de Maputo.

A África do Sul e Moçambique são os dois maiores parceiros comerciais da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e mais de 40 por cento das importações moçambicanas têm origem na África do Sul. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH