Macau vai precisar de mais 80 mil trabalhadores até 2010

20 September 2007

Macau, China, 20 Set – Macau vai precisar de contratar mais 80 mil trabalhadores importados até 2010, noticia na sua edição de hoje o jornal Tribuna de Macau citando o director do departamento de pesquisa para a Grande China da consultora internacional Jones Lang LaSalle.

Durante um almoço organizado pela Câmara Americana de Comércio em Macau, Lee Wee Liat disse que além da mão-de-obra adicional há que mais do que duplicar a actual frota de táxis para dar resposta às necessidades da população residente e dos turistas.

“Para alimentar o crescimento económico até 2010, a população de Macau terá de crescer a uma média anual de seis por cento e isso só será possível através da importação de mão-de-obra”, disse ainda Lee Wee Liat.

O quadro da Jones Lang LaSalle salientou ser necessário adaptar as infra-estruturas de Macau aos 40 milhões de visitantes esperados em 2010 e frisou que uma das principais falhas é o aeroporto que não está preparado para receber homens de negócios.

“Isto porque, além da sua dimensão reduzida, é sobretudo servido por pequenas companhias aéreas ou de baixo custo”, disse.

Salientando que 61 por cento dos visitantes entra em Macau pela via terrestre, Lee Wee Liat recordou que do lado de Guangdong estão ser a ser postas em prática melhorias na rede de transportes pelo que Macau terá de acompanhar esse desenvolvimento deste lado da fronteira.

De acordo com a apresentação de Lee, até 2010 vai aumentar muito o número de casinos – mais 15, mesas de jogo – mais 5000 e quartos de hotel – mais 30 mil.

Macau tem uma população de sensivelmente 500 mil pessoas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH