Comércio bilateral da China com Timor-Leste aumentou 13 vezes em 2006

21 September 2007

Pequim, China, 21 Set – O comércio entre Timor-Leste e a China cresceu mais de 13 vezes no ano passado, atingindo 17 milhões de dólares no final de 2006, de acordo com dados divulgados quinta-feira em Pequim pelo Ministério do Comércio chinês.

O volume que Timor-Leste exportou para a China atingiu 11 milhões de dólares, enquanto as importações de mercadorias chinesas atingiram seis milhões de dólares, segundo dados que o Ministério do Comércio chinês avançou à agência noticiosa portuguesa Lusa em Pequim.

Além do saldo positivo na balança comercial entre os dois países, amplamente favorável a Timor-Leste, os mesmos dados demonstram um aumento significativo no comércio bilateral, que era de apenas 1,27 milhões de dólares em 2005.

Os dados relativos apenas ao primeiro semestre do ano passado mostravam já um acréscimo superior a dez vezes no montante das trocas comerciais entre os dois países, a rondar 13,37 milhões de dólares.

De acordo com a embaixada de Timor-Leste em Pequim, não estão ainda contabilizados os dados referentes ao comércio com a China relativos ao primeiro semestre de 2007.

O café tem sido um dos principais produtos a impulsionar o comércio bilateral e a criar uma nova dinâmica no relacionamento comercial entre os dois países asiáticos.

Timor-Leste é um dos países exportadores de café para o mercado chinês, sobretudo para a província de Guangdong, motor económico no sul da China, região fronteira a Macau e Hong Kong.

Por sua vez, a China tem colaborado na reconstrução de Timor-Leste, financiando diversos projectos como a construção em Díli do Ministério dos Negócios Estrangeiros e do Palácio Presidencial e a formação de quadros civis das forças de segurança nacionais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH