Trinta empresas de Moçambique pré-seleccionadas pela Ernst Young para concurso Empreendedor do Ano

8 October 2007

Maputo, Moçambique, 08 Out – Trinta empresas moçambicanas foram, pela primeira vez, pré-seleccionadas no quadro do concurso sobre empreendedorismo sob os auspícios da Ernst Young, informou o jornal Notícias, de Maputo.

No caso de Moçambique o concurso foi lançado em Abril, sendo que até ao final de Maio, data do encerramento das inscrições, candidataram-se 300 empresas nas categorias de empreendores emergente, Masters e responsabilidade social nacional e multinacional.

O “Entrepreneur of Year”, como em inglês é designado o prémio, constitui uma das distinções mais prestigiantes para líderes de negócios com uma plataforma internacional em que o reconhecimento dos galardoados, como uma classe mundial, traduz-se num indicador de excelência empresarial.

Os vencedores do concurso nas três categorias serão conhecidos a 9 de Novembro. O vencedor da categoria Masters será convidado a participar num concurso mundial sobre empreendedorismo, também sob os auspícios da Ernst Young, cujos resultados serão divulgados no Mónaco, a 29 de Maio do próximo ano.

Tendo em conta que o prémio acontece pela primeira vez em Moçambique, o seu percursor, nomeadamente a Ernst Young, considera positiva a adesão das empresas moçambicanas, embora reconheça que alguns factores terão pesado para que o número de candidaturas não ultrapassasse as 300 empresas.

Entre tais factores, Justino Chone, quadro sénior da Ernst Young e coordenador do prémio, destaca a fraca cultura de concurso entre as empresas, o grande receio de exposição de dados sobre os seus negócios, a elevada aversão ao risco (principalmente quando não se quer perder) e a prevalência de dúvidas sobre a confidencialidade da informação. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH