Grupo de Hong Kong investe na construção de centrais termoeléctricas em Zhuhai

9 October 2007

Hong Kong, China, 09 Out – O grupo Cheung Kong Infrastructure (CKI) vai investir 6,8 mil milhões de yuan na construção de duas centrais termoeléctricas em Zhuhai para respoder à crescente procura de energia, informa na sua página “online” o grupo de Hong Kong.

O CKI, do bilionário Li Ka-shing, detém uma participação de 45 por cento neste projecto com o Guangdong Yudean Group Co. Ltd. (“Guangdong Yudean”) e The Electric Development Group Co Ltd da zona económica especial de Zhuhai (“Electric Development Group of Zhuhai SEZ”) a deterem em conjunto os restantes 55 por cento.

As duas novas unidades, cuja construção terá início em 2010 se receber aprovação governamental, terão uma capacidade instalada de 2000 megawatts.

Estas duas novas centrais representam a segunda fase do Projecto Termoeléctrico Jinwan de que a primeira tem uma capacidade instalada de 1200 megawatts o que faz deste projecto uma das maiores centrais termoeléctricas a carvão da China.

O consumo de electricidade na província de Guangdong cresceu 13,4 por cento no primeiro semestre do ano quando comparado com o mesmo período do ano passado e registando a província um défice de 5000 megawatts é frequente a ocorrência de apagões.

O CKI é um dos maiores grupos cotados na bolsa de Hong Kong e opera em Hong Kong, China continental, Austrália, Reino Unido e Filipinas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH