Mais de 700 mil hectares serão reflorestados em Moçambique

9 October 2007

Maputo, Moçambique, 09 Out – Mais de 700 mil hectares nas províncias de Niassa, Zambézia e Sofala vão ser reflorestados por três empresas em parceria com a Universidade Eduardo Mondlane (UEM), informou segunda-feira o jornal Notícias, de Maputo.

Para esse efeito, foi assinado um protocolo de cooperação entre as empresas Tectona Forest of Zambézia, Chikweti Forest of Niassa e Levastflor e a universidade, num projecto que conta com um investimento de 110 milhões de dólares a serem investidos nos próximos dez anos.

As partes irão ainda desenvolver investigações na área de florestas para o benefício mútuo e estabelecerão acções de formação no âmbito de conservação florestal, capacitação profissional, estágios de estudantes da UEM e desenvolvimento e aplicação de novas tecnologias, complementando os programas de reflorestamento.

Ãsa Maria Tham, presidente da Assembleia Geral da Levasflor, disse que os jovens moçambicanos que estão a ser treinados na Tailândia serão os pioneiros na implementação do projecto após o seu regresso. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH