Lei do Trabalho de Moçambique está a ser traduzida para a língua chinesa

10 October 2007

Maputo, Moçambique, 10 Out – A Lei do Trabalho de Moçambique está a ser traduzida para a língua chinesa a fim de ajudar os empresários chineses com interesses em Moçambique, informou terça-feira em Maputo o Ministério do Trabalho.

De acordo com o comunicado, a tradução da Lei é uma das formas de ajudar os empresários chineses a conhecerem a lei, evitando assim possíveis conflitos laborais derivados do seu desconhecimento ou má interpretação.

A informação sobre a tradução da lei do português para o chinês foi veiculada há dias, aquando da audiência concedida pela ministra do Trabalho, Helena Taipo, a Gean Zhaoyao, director da SOGECOA-Moçambique, maior empreiteira chinesa no país.

Na ocasião e de acordo com o comunicado ministerial, Gean Zhaoyao garantiu a Helena Taipo que os chineses a trabalharem em Moçambique estão apostados em evitar conflitos laborais e a respeitarem as leis vigentes.

O estabelecimento de relações de cooperação entre a SOGECOA e o Ministério em matéria de formação profissional foi um dos assuntos abordados entre as duas figuras.

De salientar que encontros de formação de cidadãos chineses sobre a cultura e legislação em vigor no país têm sido promovidos pelo embaixador da China em Moçambique, Tian Guangfeng.

Desconhece-se o tempo que o processo de tradução da Lei de Trabalho, um documento de 273 artigos e 209 páginas, vai durar. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH