Técnicos moçambicanos irão estudar em Angola

11 October 2007

Luanda, Angola, 11 Out – A ministra dos Recursos Minerais de Moçambique, Esperança Bias, informou quarta-feira em Luanda que em 2008 seis técnicos moçambicanos irão estudar no Instituto Médio de Petróleos do Sumbe (Kwanza Sul), Angola.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, a ministra, que efectuou uma visita de quatro dias a Angola, disse que dos contactos que manteve com as autoridades angolanas do Ministério dos Petróleos e da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), “existe uma grande abertura que vai facilitar a cooperação bilateral nesse ramo”.

Para além destes aspectos, as duas partes analisaram a possibilidade de Moçambique enviar para Angola alguns estudantes da área de geologia e afins, que virão estagiar no sector dos petróleos, assim como a ida de quadros angolanos àquele país do Oceano Índico.

Estas informações foram prestadas no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, depois de Esperança Bias ter participado na 2ª Conferência e Exposição Regional sobre Pesquisa e Produção em Águas Profundas da Zona Marítima da África Ocidental (DOWAC), realizada entre 2 e 6 de Outubro.

“Moçambique ainda não descobriu petróleo, mas pode ser que no futuro aconteça e é bom que nós aprendamos com Angola, um país que tem muita experiência no ramo”, acrescentou.

Moçambique encontra-se actualmente na fase de pesquisa e prospecção, produzindo apenas gás que serve para o consumo interno, exportando outra parte para a África do Sul. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH