Brasileira CVRD vai investir 97 milhões de dólares em Moçambique em 2008

16 October 2007

São Paulo, Brasil, 16 Out – A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) vai investir 97 milhões de dólares em 2008 no projecto de exploração comercial de carvão mineral em Moatize, na província moçambicana de Tete, informou segunda-feira a empresa brasileira.

Fonte da CVRD disse à macauhub em São Paulo que os recursos serão desembolsados já na implementação do projecto, uma vez que os estudos de viabilidade estão concluídos.

Com um investimento total avaliado em 1.398 milhões de dólares, a mina de Moatize deve começar a produzir no primeiro trimestre de 2011.

Em Julho, o governo de Moçambique entregou oficialmente à Vale do Rio Doce os direitos de exploração de carvão na mina de Moatize, com reservas estimadas em 2,5 mil milhões de toneladas, por 25 anos.

A mineradora brasileira pretende extrair 11 milhões de toneladas de carvão por ano, sendo 8,5 milhões de toneladas de coque para a indústria metalúrgica e 2,5 milhões de toneladas de carvão térmico para a produção de energia eléctrica.

No orçamento para 2008, a CVRD prevê investimentos totais de 11 mil milhões de dólares, com a execução de mais de 30 projectos.

Por sector, o que receberá mais recursos (33 por cento ou 3,6 mil milhões de dólares) é o de minerais não ferrosos, como o níquel e o do carvão receberá no próximo ano um total de 390 milhões de dólares (3,5 por cento) em investimentos da empresa brasileira. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH