Economia do Brasil é “robusta e estável”, garante Deutsche Bank

18 October 2007

Frankfurt, Alemanha, 18 Out – A economia brasileira deverá crescer 5 por cento este ano e em 2008, de acordo com um comunicado divulgado em Frankfut pelo Deutsche Bank em que diz que o Brasil deverá lucrar com investimentos chineses.

A nota, a última edição de um comunicado distribuído periodicamente e que traz avaliações sobre o desempenho de mercados emergentes, diz que as perspectivas para o sector financeiro do Brasil são “extremamente positivas”.

O banco diz que o Brasil “aprendeu a lição” depois da crise de 2002, e que a economia agora é “robusta e estável”.

O real é uma das moedas que mais se valorizaram nos últimos anos, lembra o Deutsche Bank, com sede em Frankfurt, o maior banco alemão e um dos maiores do mundo.

“Se alguém se perguntar se essa tendência se compara aos altos e baixos do passado, a resposta é claramente não”, diz o comunicado divulgado pelo departamento dedicado a pesquisas do banco, o Deutsche Bank Research.

O Deutsche Bank prevê que o Brasil deverá lucrar com mais investimentos chineses nos próximos anos, principalmente no sector de matérias-primas.

“Só uma pequena parte dos investimentos prometidos pela China para a América Latina foram realizados até agora”, lembra o banco. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH