Pesquisa indica potencial para exploração petrolífera “off-shore” no Rovuma

18 October 2007

Maputo, Moçambique, 18 Out – A bacia do Rovuma , no norte de Moçambique, tem potencial de petróleo em quantidades passíveis de exploração comercial, de acordo com os resultados preliminares de um estudo de campo quarta-feira divulgado em Maputo.

A pesquisa, encomendada pela companhia petrolífera canadiana Artumas e realizada pela norte-americana Rose & Associates, conclui que em quatro perfurações naquele campo pode ser extraído petróleo em rama em “quantidade comercial e não comercial” (sem especificar a proporção de cada uma delas).

A empresa de análise de risco, ao serviço da petrolífera canadiana, indica uma probabilidade média de 67 milhões de barris em “quantidade comercial e não comercial” (a pesquisa refere 90 por cento de possibilidades de poderem ser extraídos 2,37 milhões de barris e 10 por cento de existir quantidade de ramas para 186 milhões de barris).

O patamar mínimo estabelecido no relatório para a rentabilidade da exploração comercial é colocado nos 125 milhões de barris.

No relatório, a Rose & Associates indica uma probabilidade de 18 por cento de sucesso comercial da iniciativa.

A pesquisa indica que, “em caso de sucesso”, a participação de 8,5 por cento da Artumas na exploração petrolífera do Rovuma poderá render um valor médio de 714 milhões de dólares.

O governo moçambicano tem manifestado a sua confiança na existência de reservas de petróleo no país passíveis de serem exploradas comercialmente, mas remetendo sempre para as empresas que estão na prospecção. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH