Cabo Verde irá ter uma das 5 zonas económicas especiais da China em África

24 October 2007

Praia, Cabo Verde, 24 Out – O embaixador da China em Cabo Verde, Wu Yuanshuan, anunciou sábado, na Praia, que os governos chinês e cabo-verdiano estão a trabalhar para que a ilha de São Vicente se transforme numa das cinco zonas económicas especiais que o seu país quer criar em África.

“Estamos a trabalhar para converter São Vicente numa zona económica especial, mas num primeiro passo vamos realizar o projecto de construção de centro de abastecimento de pesca”, precisou o embaixador.

Num primeiro momento, o projecto vai centrar-se na actividade piscatória naquela ilha que alberga o maior e melhor apetrechado porto marítimo do arquipélago.

O ministro cabo-verdiano da Economia, José Brito, confirmou que esta zona económica especial deverá ser primeiramente ligada às pescas, em São Vicente, onde existem já instalações de frio que permitem a conservação de pescado, para depois ser reexportado.

Ainda no âmbito da cooperação entre Cabo Verde e China, Wu Yuanshuan anunciou que no próximo mês deverá chegar a Cabo Verde um grupo chinês que vai efectuar os estudos para a construção do Estádio Nacional, financiado pela China.

O embaixador chinês confirmou que existem ainda outros projectos a serem financiados pela China em Cabo Verde, nomeadamente a governação electrónica e a construção de habitação social. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH