Economia da China cresceu 11,5 por cento nos primeiros nove meses do ano

26 October 2007

Pequim, China, 26 Out – A economia da China cresceu 11,5 por cento nos primeiros nove meses e no terceiro trimestre de 2007, em comparação com iguais períodos do ano passado, revelou quinta-feira em Pequim o Instituto de Estatística chinês.

A produção industrial aumentou 18,5 por cento nos primeiros nove meses – só em Setembro atingiu 18,9 por cento – devido sobretudo ao crescimento das exportações.

Estes dados desequilibraram ainda mais a balança comercial do país, com o excedente a chegar a 185,7 mil milhões de dólares no final de Setembro.

A inflação no final dos nove meses foi de 4,1 por cento, depois dos 6,2 por cento em Setembro, de acordo com o Instituto de Estatística.

O investimento em capital fixo, uma das maiores fontes de crescimento da economia chinesa, cresceu 25,7 por cento de Janeiro a Setembro, após crescer 25,9 por cento no primeiro semestre.

Apesar do ritmo acelerado de crescimento, que vai fazer a China ultrapassar a Alemanha como terceira maior economia do mundo no final de 2007, o governo chinês considera que as medidas para arrefecer a economia estão a surtir efeito.

“A economia nacional mantém-se estável e em rápido crescimento e o efeito das políticas de macro-controlo está a começar a notar-se”, disse Li Xiaochao, porta-voz do Instituto de Estatística. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH