Banco Mundial estuda empréstimo a empresa que vai operar no porto de Nacala

30 October 2007

Kampala, Uganda, 30 Out – A Corporação Financeira Internacional pretende conceder um empréstimo de 30 milhões de dólares à Bakhresa Grain Milling (Mozambique) para financiar o projecto do porto de Nacala, informou segunda-feira em Kampala o jornal East African Business News.

De acordo com o jornal, a proposta da Corporação, braço do Banco Mundial para o sector privado, encontra-se em consulta pública.

A direcção da Corporação deverá reunir-se a 30 de Novembro.

O grupo Bakhresa pretende construir silos para armazenagem de trigo no porto de Nacala, servindo o empréstimo ainda para refinanciar a dívida do grupo e para adquriir bens de capital para operar quatro moagens no Malawi e na Tanzânia.

A Corporação Financeira Internacional (IFC, na sigla em inglês) afirma que este projecto terá um impacto significativo na manutenção e criação de postos de trabalho bem como na segurança alimentar.

Além disso, vai aumentar as receitas fiscais tanto em Moçambique como no Malawi e proporcionará ainda um aumento das operações ferroviárias entre os dois países. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH