Sociedade de Jogos de Macau vai à banca financiar-se para completar novo hotel e casino

30 October 2007

Macau, China, 30 Out – Os bancos Seng Heng, Comercial e Industrial da China e BNP Paribas lideram um consórcio que segunda-feira assinou com a Sociedade de Jogos de Macau um empréstimo de 5.000 milhões de dólares de Hong Kong.

O empréstimo envolve dez bancos, tem um prazo de validade de cinco anos e destina-se a angariar fundos para a construção do hotel/casino Grand Lisboa, a nova sede da Sociedade de Jogos de Macau que substituiu a Sociedade de Turismo e Diversões de Macau como operadora de jogo.

A Sociedade de Jogos de Macau salientou que no processo estão envolvidos os quatro maiores bancos estatais da China – da China, Comercial e Industrial da China, da Agricultura e da Construção.

A taxa de juro do empréstimo que será paga pela Sociedade de Jogos de Macau está indexada à HIBOR (Hong Kong Interbank Offer Rate) acrescida de 1,4 pontos percentuais e é considerada pela empresa a mais baixa alguma vez conseguida no mercado.

O Banco Seng Heng é ainda detido em 70 por cento pela Sociedade de Turismo e Diversões de Macau, que possui 80 por cento das acções da Sociedade de Jogos de Macau, embora tenha sido já acordada a venda dessa participação ao Banco Comercial e Industrial da China por 3,98 mil milhões de patacas. (macauhub)

Dos seis operadores de facto do sector do jogo em Macau apenas a Sociedade de Jogos de Macau não está cotada em bolsa, um elemento que impede o acesso da companhia ao financiamento fora do sistema bancário. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH