Angola: Endiama P&P apresenta primeiros diamantes da mina de Camuanzanza

5 November 2007

Luanda, Angola, 05 Nov – A Endiama Prospecção e Produção (P&P), uma subsidiária da Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama, EP), apresentou quinta-feira em Luanda o primeiro lote de 15 mil quilates de diamantes extraídos da mina de Camuanzanza, província da Lunda Norte.

Falando à margem da cerimónia de apresentação, assistida por responsáveis e quadros do sector diamantífero, o presidente do Conselho de Administração da Endiama Prospecção e Produção, José Chimupi, afirmou que o lote de diamantes será avaliado e vendido à Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam).

Dividido em seis áreas, a mina de Camuanzanza possui uma área de 535 quilómetros quadrados e uma capacidade de geração de 12 a 15 mil quilates por mês, estimando-se que atinja uma produção de 180 mil quilates por mês.

Além de Camuanzanza, acrescentou, a Endiama P&P tem desenvolvido trabalhos para alargar as suas actividades a outras aéreas diamantíferas em todo o território nacional.

A Endiama Prospecção e Produção é uma subsidiária da Endiama, EP (Empresa Pública), criada através do decreto 39/03, de 27 de Junho, do Conselho de Ministros, tendo como accionistas a referida empresa pública, com 99 por cento de acções, e a Sodiam, com um por cento.

A empresa tem por objecto social a prospecção, pesquisa, reconhecimento e exploração de diamantes, podendo dedicar-se a outras actividades industriais ou comerciais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH