Moçambique: Três mil quilómetros de estradas do Niassa vão ser recuperados

5 November 2007

Maputo, Moçambique, 05 Nov – A província do Niassa está à procura de empreiteiros para trabalhos de manutenção e melhoramento de 3050 quilómetros da sua rede de estradas durante o próximo ano, extensão que inclui as vias terraplenadas e as asfaltadas, informou o jornal Notícias, de Maputo.

De acordo com a edição de sábado do jornal, a delegação provincial da Administração Nacional de Estradas (ANE) lançou sexta-feira quatro concursos públicos separados tendo em vista a selecção dos construtores a serem encarregues dos trabalhos de melhoramento e manutenção das rodovias.

Dos 3050 quilómetros de estradas a serem abrangidos, 2435 correspondem a vias terraplenadas e os restantes a estradas asfaltadas.

O concurso visando a selecção do empreiteiro para os trabalhos de manutenção de rotina das estradas asfaltadas encerra a 30 de Novembro e exige-se que as empresas concorrentes tenham no mínimo alvará actualizada igual ou superior o 3ª Classe, certidão de quitação das finanças públicas e de segurança social.

De acordo com a ANE do Niassa, o concurso para a manutenção dos 2030 quilómetros de estradas terraplenadas classificadas fecha a três de Dezembro e a submissão das propostas para as obras dos 405 km das vias não classificadas termina no dia seguinte.

Com estas obras, espera-se que o Niassa tenha a transitabilidade garantida nas suas estradas durante o maior período do próximo ano, sendo que todos os trabalhos serão financiados pelo Fundo de Estradas (FE) em valor não revelado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH