Cabo Verde: Inflação deverá ser de 4,9 por cento este ano

7 November 2007

Praia, Cab Verde, 07 Nov – A taxa de inflação este ano em Cabo Verde deverá ser de 4,9 por cento prevendo-se que para 2008 oscile entre 2 e 4 por cento, anunciou terça-feira na cidade da Praia o governador do banco central.

Carlos Burgo, que falou a jornalistas após a entrega ao governo do relatório semestral do banco referente ao período de Maio a Outubro, realçou que a actual previsão para a inflação é superior à do Ministério das Finanças e mesmo superior à projecção do banco constante no relatório de Março.

O Banco de Cabo Verde (BCV) previa uma taxa de inflação para este ano de 2,5 a 3,5 por cento, mas devido a vários factores o valor foi fixado agora em 4,9 por cento.

O governador justificou a nova previsão com o aumento dos preços dos bens importados, nomeadamente dos produtos petrolíferos, associado a um ano agrícola tardio o que gerou uma uma alta dos preços dos produtos alimentares com a consequente incidência no índice de preços no consumidor.

Perante o cenário de uma taxa de inflação de 5 por cento, o governador do Banco Central recomendou ao governo e aos parceiros sociais moderação no aumento salarial para 2008, para manter a competitividade da economia do país.

Para 2008, as estimativas do BCV apontam para um crescimento da actividade económica entre 6,5 a 7,5 por cento contra 6,4 por cento este ano.

Ainda de acordo com o documento entregue ao governo, a dívida externa de Cabo Verde deverá situar-se no final do ano em 720 milhões de dólares, sendo 84 por cento desse montante da responsabilidade do Estado e o restante do sector privado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH