Moçambique: Grupo do Zimbabwe abre resseguradora em Maputo

8 November 2007

Maputo, Moçambique, 08 Nov – A primeira resseguradora de Moçambique, Zimre Moçambique, foi apresentada publicamente terça-feira à noite em Maputo numa cerimónia que contou com a presença do ministro das Finanças, Manuel Chang.

O principal accionista da resseguradora com 51 por cento é a Zimre (Malawi), uma subsidiária da Zimre Holdings do Zimbabwe, sendo os accionistas minoritários a Continental Reinsurance da Nigéria, com 19 por cento, o Instituto de Gestão de Participações do Estado de Moçambique, com 20 por cento, e a Empresa Moçambicana de Seguros (Emose), com 10 por cento.

Durante o regime de partido único e de economia centralizada, a Emose era a única empresa de seguros autorizada a operar em Moçambique mas desde que o sector foi aberto à iniciativa privada quatro empresas foram constituídas.

Falando na cerimónia, Manuel Chang disse que a carteira de seguros no país tem vindo a crescer desde 2002 a uma média anual de 15 por cento sendo de 58,5 milhões de dólares no final de 2006.

Saudando o aparecimento de uma resseguradora em Moçambique, o ministro frisou que tal significa uma maior retenção interna do risco, minizando assim o impacto em divisas decorrente do pagamento dos prémios a resseguradoras estrangeiras. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH