São Tomé e Príncipe: Combustíveis foram o produto mais importado no primeiro semestre

9 November 2007

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 09 Nov – São Tomé e Príncipe gastou 7,2 milhões de dólares na aquisição de combustíveis durante o primeiro semestre, informou quinta-feira em São Tomé o Instituto Nacional de estatística (INE) do arquipélago.

Dados fornecidos pelo INE à Macauhub indicam que a importação de combustíveis, sobretudo gasolina, gasóleo e óleo, representou 21 por cento de todas as aquisições ao exterior de Janeiro a Junho no valor de 34,7 milhões de dólares.

Na lista de importações, a seguir aos combustíveis, surgem os produtos alimentares e agrícolas com 16 e 14 por cento, respectivamente.

Angola é o maior fornecedor de combustíveis de São Tomé e Príncipe através da empresa, Sonangol, que comprou a empresa são-tomense de distribuição de combustíveis Enco.

Um dos maiores consumidores de combustíveis é a Empresa de Água e Electricidade, que produz a energia eléctrica numa central térmica. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH