Timor-Leste: Fundo Petrolífero teve um rendimento trimestral de 42,4 milhões de dólares

12 November 2007

Díli, Timor-Leste, 12 Nov – O Fundo Petrolífero de Timor-Leste teve um rendimento de 42,4 milhões de dólares no terceiro trimestre de 2007, segundo o relatório da Autoridade Bancária e de Pagamentos (ABP), sexta-feira divulgado em Díli.

As receitas brutas durante o trimestre foram de 381,55 milhões de dólares, incluindo 116,22 milhões pagos como impostos pelos contribuintes ao fundo e 265,33 milhões de dólares recebidos a título de “royalties” transferidos pela Autoridade Designada para o Mar de Timor.

O Relatório Trimestral do Fundo Petrolífero, o oitavo submetido pela ABP, a ser apresentado esta semana, indica um capital de 1,817 mil milhões de dólares em 30 de Setembro de 2007.

Em 30 de Junho de 2007, o capital do Fundo timorense era de 1,394 mil milhões de dólares.

A Lei do Fundo Petrolífero especifica que a ABP, como futuro banco central de Timor-Leste, é o agente responsável pela gestão operacional do Fundo.

O Ministério das Finanças é responsável pela definição da estratégia geral de investimento do Fundo.

O mandato dado à ABP é o de gerir o Fundo de forma a ele ter um comportamento muito próximo do do Índice Merril Lynch de Títulos do Governo dos Estados Unidos com uma duração de zero a cinco anos.

“A ABP conseguiu gerir a carteira de títulos sempre muito perto deste índice ao longo dos seus primeiros oito trimestres”, indicou à agência noticiosa portuguesa Lusa fonte da instituição. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH