Moçambique: Companhia do Sena planta cana-de-açúcar na Zambézia

19 November 2007

Maputo, Moçambique, 19 Nov – A Companhia do Sena retomou a plantação de cana-de-açúcar nos campos explorados pela extinta Companhia Sena Sugar Estates na Zambézia, após muitos anos de abandono devido à guerra civil, informou o jornal Notícias, de Maputo.

A Companhia de Sena, a maior unidade industrial de açúcar de Moçambique, com sede na vila de Marromeu, em Sofala, iniciou já o processo de lavra dos terrenos tendo já preparado 600 dos 15 mil hectares previstos para a campanha agrícola 2007/2008.

O jornal cita uma fonte da comissão sindical local para afirmar que se espera que, com a reintrodução de canas em Luabo, aquela zona localizada entre a foz do Zambeze e o Oceano Índico saia rapidamente do esquecimento a que se encontra votado.

O distrito de Chinde é ciclicamente vulnerável a inundações, ciclones encontrando-se, para já, completamente isolado de comunicação terrestre com o resto do mundo durante todo o ano.

Relativamente à margem sul do grande Zambeze, a Companhia de Sena está em alta, explorando uma área calculada em 14 mil hectares no distrito de Marromeu na campanha agrícola deste ano.

Na produção do açúcar, as metas estão fixadas em 71 mil toneladas, das quais 30.300 de açúcar branco e as restantes amarelo, tendo sido recuperadas as vias de acesso para permitir melhor circulação das máquinas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH