Angola: Empresa portuguesa quer liderar mercado angolano de cervejas importadas

28 November 2007

Luanda, Angola, 28 Nov – A empresa portuguesa produtora da cerveja Sagres quer assumir, em 2012, a liderança do mercado angolano de cervejas importadas através da cobertura total do país, afirmou terça-feira em Luanda o seu presidente, Alberto da Ponte.

Da Ponte disse que a nova estratégia da marca, que é reconhecida por 94 por cento dos consumidores angolanos, baseia-se no desenvolvimento de parcerias com distribuidores com grande capacidade de penetração em todos os segmentos do mercado.

No decurso de um encontro para apresentação da nova estratégia da empresa para o mercado angolano, o presidente da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (Scc) adiantou que o o relançamento da cerveja Sagres em Angola foi equacionado, pela primeira vez, através de um estudo minucioso, tendo em conta as características do consumidor angolano.

No âmbito do novo posicionamento da marca, a empresa vai investir mais de um milhão de dólares num plano de marketing que vai coincidir com o surgimento de nova embalagen da cerveja Sagres que vai ser lançado, durante o mês de Dezembro, no mercado angolano.

Actualmente, Angola consome 550 milhões de litros de cerveja por ano, e as perspectivas, de acordo com a análise do grupo empresarial português, apontam para um crescimento para 620 milhões de litros, em 2008.

Alberto da Ponte disse ainda que o grupo accionista português da Sagres não afasta a hipótese de, no futuro, instalar uma unidade industrial em Angola. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH