Angola: Forte dependência do petróleo responsável por fraca diversidade económica – OCDE

28 November 2007

Luanda, Angola, 28 Nov – O economista da OCDE que dirigiu a elaboração do documento “Perspectivas Económicas para África” disse terça-feira, em Luanda, que a “forte dependência” do petróleo é responsável por Angola ser um dos países africanos com menor diversificação económica.

Kenneth Ruffing, durante uma intervenção na apresentação do documento traduzido para português em Luanda, na embaixada de Portugal, defendeu ainda que promover a diversificação da economia “é fundamental para o aproveitamento – de África e, em particular de Angola – da globalização”.

O documento, cuja tradução para português, na sua versão sintetizada, foi financiada pela cooperação portuguesa, destaca as situações e as perspectivas futuras de Angola e Moçambique.

Apesar dos alertas deixados em Luanda por Ruffing, este lembrou o período áureo que o continente está a viver, com cinco anos consecutivos a crescer acima dos cinco por cento, embora o mesmo suceda nos restantes continentes, situação que não se verificava há 30 anos.

O economista deixou, no entanto, um recado lembrando que a subida do petróleo nos mercados internacionais tem sido fundamental para o crescimento dos países exportadores africanos, dificultando a vida aos importadores de matéria-prima. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH