Guiné-Bissau: Empresa holandesa assina contrato de prospecção do petróleo com a Petroguin

6 December 2007

Bissau, Guiné-Bissau, 06 Dez – A empresa holandesa Super Nova assinou um contrato de prospecção do petróleo nas águas profundas da Guiné-Bissau, anunciou quarta-feira em Bissau o director-geral da Petroguin, Leonardo Cardoso, empresa que gere os hidrocarbonetos do país.

Leonardo Cardoso adiantou que o contrato assinado com a Super Nova vai permitir o estabelecimento de uma parceria de cinco anos e mais dois de opção com a Petroguin para a prospecção do petróleo no Bloco 7 B situado nas águas ultra profundas da Guiné-Bissau.

No entanto, a nova concessionária formada entre a Petroguin e a Super Nova apenas iniciará os trabalhos de prospecção com a atribuição de uma licença que lhe será facultada pelo governo, disse Leonardo Cardoso.

A decisão do governo, a ser tomada em conselho de ministros, terá ainda que ser promulgada pelo Presidente guineense e publicada em Boletim Oficial (Diário da República), diligência que o director-geral da Petroguin desconhece quando será iniciada.

Neste momento, aguardam pela mesma diligência as empresas Sociedade de Hidrocarbonetos de Angola (SHA) e a SER Petrolium, disse Cardoso.

Nas 18 perfurações já efectuadas ainda não foi descoberto petróleo com valor comercial na Guiné-Bissau, lembrou Leonardo Cardoso.

Actualmente, decorrem trabalhos de prospecção executados pelas concessionárias formadas entre a Petroguin/ GB Oil & e Gaz/ Larsen, estando as três empresas a proceder aos estudos dos dados até aqui obtidos, segundo os quais “há boas perspectivas da existência do petróleo” na Guiné-Bissau, frisou Leonardo Cardoso. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH