Cabo Verde: Governo cria organismo para combater lavagem de dinheiro

7 December 2007

Praia, Cabo Verde, 07 Dez – A Unidade de Informação Financeira foi criada para combater a lavagem de capitais e o financiamento do terrorismo, afirmou quinta-feira na Praia a porta-voz do Conselho de Ministros de Cabo Verde, Cristina Fontes Lima.

O serviço, adiantou a ministra da Presidência do Conselho de Ministros, da Reforma do Estado e da Defesa Nacional, irá funcionar como um centro de recolha e análise e difusão de informações relativas a actividades de lavagem de capitais e financiamento do terrorismo.

A iniciativa insere-se, de acordo com o governo, no reforço do sistema financeiro e na pretensão de fazer deste sistema um dos motores de desenvolvimento do país, sendo para isso necessário “garantir os níveis de credibilidade que a situação internacional de luta contra a criminalidade organizada e luta contra o terrorismo exigem”.

O decreto-lei que cria a unidade foi aprovado quinta-feira em sede de Conselho de Ministros e, de acordo com a ministra, a UIF vai permitir uma melhor aplicação da lei de lavagem de capitais, aprovada em 2002.

A UIF, que irá funcionar junto do Banco de Cabo Verde (BCV), tem autonomia técnica e integrará representantes do Ministério da Justiça, do Ministério Público e da Polícia Judiciária.

O trabalho da nova entidade consiste em concentrar informações relativas a movimentos suspeitos, como depósitos e levantamentos elevados. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH