Moçambique: Empresa Nacional de Hidrocarbonetos deve ter produção de petróleo

13 December 2007

Maputo, Moçambique, 13 Dez – A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) deve evoluir para uma empresa petrolífera com uma carteira de actividades que inclua pesquisa e produção de petróleo e distribuição de gás natural, afirmou quarta-feira em Maputo a primeira-ministra moçambicana.

Luísa Diogo fez aquela declaração de intenções no decurso da cerimónia de tomada de posse do novo presidente do Conselho de Administração da ENH, Arnaldo Ucuane, que substitui no cargo Issufo Abdulá.

No âmbito da capacitação institucional, segundo a primeira-ministra, a ENH deverá assegurar a fomação dos recursos humanos, de modo a garantir a continuidade na gestão eficiente e eficaz dos recursos naturais existentes no país para contribuir para o equilíbrio da balança de pagamentos do Estado moçambicano.

Disse esperar que o novo PCA redobre esforços na criação da capacidade técnica interna a nível da ENH e na promoção de parcerias multifacetadas para a exploração sustentável dos recursos naturais.

Falando momentos após a tomada de posse, Arnaldo Ucuane disse que entre os principais desafios da instituição figura a necessidade de estabelecer novas parcerias no domínio da pesquisa e produção de petróleo.

Questionado pelo jornal Notícias, de Maputo, se as pesquisas em curso dão ou não alguma indicação da ocorrência de petróleo no país, Arnaldo Ucuane disse que “existe um potencial. Não existe a certeza. A certeza só existirá depois de se abrir um furo e descobrir-se o petróleo”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH