União Europeia: Moçambique é o segundo maior beneficiário de um pacote de ajuda

13 December 2007

Lisboa, Portugal, 13 Dez – Moçambique é o segundo maior beneficiário do pacote de ajuda que a Comissão Europeia entregou a 31 países da África sub-saariana no final da Cimeira UE/África, tendo-lhe sido atribuído um montante de 622 milhões de euros.

Numa lista liderada pela Etiópia com 674 milhões de euros, a ajuda atribuída a Moçambique destina-se a ajudar o país a melhorar até 2013 as infra-estruturas de transportes, a integração regional e agrícola e o desenvolvimento rural.

Entre os restantes países africanos de língua oficial portuguesa, a Guiné-Bissau surge na 21ª posição, com 102,8 milhões de euros e São Tomé e Príncipe no 30º lugar, penúltimo da lista, com 17,1 milhões de euros.

Em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, o ministro das Finanças guineense, Issufo Sanhá, classificou esta ajuda da União Europeia como “muito importante” e indicou que a verba será distribuída por cinco áreas de intervenção: prevenção de conflitos e reforma das forças de segurança (27 milhões), projectos de energia e água (26 milhões), apoio directo ao Orçamento Geral do Estado (32 milhões), iniciativas da sociedade civil (15 milhões) e programas de emergência alimentar (2,8 milhões).

Por seu lado, São Tomé e Príncipe deverá aplicar os 17,1 milhões de euros na política de transporte terrestre. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH