China: Pequim disponível para financiar canal fluvial entre Malawi e Moçambique

31 December 2007

Lilongwe, Malawi, 31 Dez – A China está disponível para financiar a construção de um canal fluvial entre o Malawi e Moçambique, que permitiria aos malauianos um acesso navegável aos portos moçambicanos, noticiou sexta-feira a imprensa do Malaui.

De acordo com o jornal Nyasa Times, que cita fonte governamental, o projecto de ligação navegável entre os rios Shire e Zambeze faz parte de um pacote de seis mil milhões e dólares para investimentos em infra-estruturas que a China pretende disponibilizar.

Os ministros malauianos dos Assuntos Presidenciais, David Katsonga, e da Energia, Henry Chimunthu Banda, encontram-se em Pequim para assinar um acordo entre os dois países, adianta a mesma fonte.

Do pacote fazem ainda parte a construção de universidades e uma fábrica de fertilizantes, entre outros projectos.

O projecto do canal Shire-Zambeze, inicialmente orçado em seis mil milhões de dólares, prevê a ligação do porto fluvial malauiano de Nsanje ao moçambicano de Chinde, através dos dois rios, e tem vindo a ser promovido nos últimos anos pelas autoridades do Malaui.

Há dois anos, recebeu da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) o estatuto de “infra-estrutura regional prioritária”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH