Moçambique: Principal destino turístico para 2008, Condé Nast Traveller

10 January 2008

Maputo, Moçambique, 10 Jan – Moçambique foi distinguido como o principal destino turístico mundial em 2008 pelo sítio concierge.com, a página electrónica da Condé Nast Traveller, da Condé Nast Publications.

Ao divulgar a lista dos 10 destinos que “têm de ser vistos” em 2008, a concierge.com afirma que Moçambique foi distinguido como o principal destino turístico porque “depois de a sangrenta guerra civil ter terminado há 15 anos, Moçambique desabrochou numa meca de safaris e mergulho, com uma capital vibrante”.

E prossegue – “o seu governo é democrático, as suas políticas ambientais bem pensadas e as suas atracções naturais parecem infindáveis” para acrescentar que a história de Moçambique é uma das histórias de sucesso do continente.

“Entre as principais atracções do país – 1500 milhas de belas costas e arquipélagos do Oceano Índico que dispõem de prais belas e locais óptimos para mergulho, Maputo, uma cidade segura e vibrante e parques nacionais que estão a repor a vida selvagem existente antes da guerra civil. O número de novas estâncias turísticas e hotéis é muito elevado, principalmente no norte do país, e para ter uma ideia da vida nocturna vá ao Hotel Polana, que é uma boa base para explorar o passado colonial da capital bem como o seu presente”, pode ler-se ainda.

A lista dos 10 locais a visitar durante 2008 inclui, além de Moçambique, Santa Lucia, uma nação insular do Mar das Caraíbas, Montenegro, Equador, Sicília, San Diego, a ilha chinesa de Hainão, Omã, Puerto Esconcido e a costa Oaxacan, no México, e Paris.

Relativamente a Hainão, o concierge.com afirma que a ilha dispõe de praias desertas com uma ondulação suave com aldeias de montanha sonolentas que é a resposta da China a Phuket ou mesmo a Bali. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH