Brasil: Fabricante brasileiro Sabó vai instalar unidade de peças para automóvel na China

14 January 2008

São Paulo,Brasil, 14 de Janeiro – O fabricante brasileiro de peças para automóvel Sabó vai construir uma unidade fabril na China, a sua primeira na Ásia, até ao final do ano, disse sexta-feira à Macauhub em São Paulo o gerente de marketing da empresa.

Luís Freitas revelou que a fábrica na China deve ficar concluída em “seis a oito meses”.

A instalação da unidade faz parte de um projecto para fornecer retentores (dispositivos que impedem a passagem de óleo e gás para partes do motor) directamente à filial de uma fabricante europeia de automóveis na China.

“Estamos em processo de selecção do local e definição do modelo de negócio”, disse o gerente de marketing, acrescentando que a unidade será de “alta tecnologia” e terá entre 200 e 300 funcionários.

“Inicialmente, vamos apenas produzir para suprir as necessidades da fabricante de automóveis mas à medida que esse mercado evoluir, pretendemos passar a servir também os fabricantes locais”, afirmou Luis Freitas.

A primeira fábrica do grupo brasileiro na Ásia vai começar a consolidar o projecto de expansão para o Oriente iniciado no ano passado, com a abertura de escritórios técnico-comerciais na China e no Japão.

Fundado há 65 anos, o grupo também actua na Argentina e na Europa, através da subsidiária Kaco, com fábricas na Alemanha, Áustria e Hungria. A Sabó desenvolve igualmente projectos nos Estados Unidos, Itália, França, Inglaterra e Austrália.

Apontada pelo centro brasileiro de desenvolvimento de executivos Fundação Dom Cabral como a terceira empresa mais internacionalizada do Brasil, a multinacional produz retentores, juntas, mangueiras e selos mecânicos para automóveis e é líder no mercado brasileiro.

Com mais de 4 mil funcionários espalhados pelas estruturas e fábricas que possui no mundo, a empresa facturou 276 milhões de dólares em 2006 e 312 milhões de dólares em 2007. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH