Moçambique: Mais de 72 mil toneladas de cajú já foram comercializadas

18 January 2008

Maputo, Moçambique, 18 Jan – Os produtores moçambicanos de cajú venderam já 72 mil toneladas de castanha desde o início da campanha 2007/08 de um total esperado de 85 mil toneladas, afirmou quinta-feira em Maputo Santos Frijone, do departamento económico do Instituto Nacional do Cajú (Incaju).

A maior zona de produção, a província de Nampula, tinha já colocado no mercado na primeira semana de Janeiro 40.800 toneladas, ligeiramente mais de 90 por cento da sua produção esperada de 45 mil toneladas.

Em declarações à agência noticiosa moçambicana AIM, Santos Frijone disse que as vendas deverão situar-se próximo das 75 mil toneladas, com a previsão de 85 mil toneladas, estipulada há dois anos, a dever ser pouco realista.

Santos Frijone disse ainda que o preço pago ao produtor está a subir estando os compradores a oferecer 8 meticais (cerca de 33 cêntimos do dólar) por quilograma, mais do que os 6 meticais oferecidos no ano passado.

No ano passado foram colocadas no mercado 74.97 toneladas de castanha de cajú, tendo 27 por cento ou 20.280 toneladas sido absorvidos pela indústria moçambicana. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH