Brasil:Cooperativa de Minas Gerais inicia venda de produtos lácteos para a China

23 January 2008

Belo Horizonte, Brasil, 23 Jan – A Cooperativa Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais, que produz a marca Itambé, vai iniciar em Fevereiro a exportação de leite em pó para a China, anunciou hoje a empresa.

O negócio surgiu na sequência da visita de uma missão empresarial à China organizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) nos meses de Outubro e Novembro de 2007.

Para além da Cooperativa Central de Produtores Rurais de Minas Gerais participaram na missão as produtoras de café Cooperativa Regional dos Cafeicultores de São Sebastião do Paraíso (Cooparaíso) e a Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado (Expocaccer).

Do sector de carnes e sucos participaram a Pif Paf/Tial e a Saudale, de lacticínios, a Tirolêz, além da Cooperativa Nacional de Apicultura (Conap) e a Cooperativa Regional de Agricultura Familiar (Cooperafa).

“O leite em pó será utilizado como matéria-prima para diversas indústrias alimentícias chinesas”, disse o gerente de exportação da Itambé, André Massote.

“O preço na China não é alto e o consumo está a crescer. Ainda não temos previsões do que poderá significar, mas a China é um mercado grande e novo”, constata o gerente de exportação da Itambé.

Apesar de a China ser o quarto maior produtor mundial de leite, o consumo “per capita” ainda é baixo, apenas cinco litros por ano, enquanto no Brasil o consumo per capita chega a 130 litros.

A Cooperativa Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais já exporta para 65 países e a missão foi o primeiro contacto com empresas chinesas.

Na opinião do Sebrae, “a China pode se tornar num dos principais mercados para produtos lácteos brasileiros”.

As exportações de agroprodutos brasileiros para a China totalizaram 3,8 mil milhões de dólares em 2006, o que corresponde a um aumento de 22,2 por cento em relação a 2005. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH