Cabo Verde: Anel rodoviário da ilha do Fogo conta com apoio árabe

23 January 2008

Praia, Cabo Verde, 23 Jan – Cabo Verde assina na quinta-feira em Cartum com o Banco Árabe de Desenvolvimento Económico de África (BADEA) um crédito para a construção de uma circular na ilha do Fogo, orçada em cerca de 29,4 milhões de dólares.

A ministra das Finanças de Cabo Verde, Cristina Duarte, partiu terça-feira para o Sudão, onde vai estar até dia 31, passando depois por Lisboa, para assinar um acordo de cooperação técnica com o Ministério das Finanças de Portugal, no valor de dois milhões de euros.

A construção do anel rodoviário da ilha do Fogo terá, além do BADEA, financiamentos do Fundo para o Desenvolvimento Internacional da OPEC (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), do Fundo Saudita e do governo de Cabo Verde.

Pretende-se com a construção da estrada costeira, que dá a volta a toda a ilha, assegurar uma ligação eficaz entre as diversas vilas e o porto e aeroporto de S. Filipe, a cidade capital do Fogo.

De acordo com a agencia noticiosa portuguesa Lusa, que cita uma fonte não-identificada do Ministério das Finanças de Cabo Verde, a conclusão do projecto está prevista para 2010, sendo 10 meses para estudos e preparação do projecto e 30 meses para a empreitada.

A última vez que o vulcão do Fogo entrou em erupção foi em 1995. O vulcão do Fogo, com 2.829 metros, é o ponto mais alto de Cabo Verde.

A ilha do Fogo pertence ao grupo do Sotavento cabo-verdiano e fica a cerca de 50 quilómetros a ocidente da principal ilha do arquipélago, Santiago. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH