Angola: Caminho-de-ferro de Moçâmedes vai ter fábricas de construção de travessas

24 January 2008

Luanda, Angola, 24 Jan – A Caminho-de-Ferro de Moçâmedes está a construir três fábricas de travessas em betão armado ao longo da linha férrea a fim de a fim de apressar a sua reconstrução, afirmou quarta-feira o seu director geral.

Júlio Bango Joaquim disse que as travessas de betão a serem produzidas pelas fábricas poderão responder tecnicamente às exigências para a circulação de um comboio mais rápido e mais seguro.

As fábricas em construção, uma na localidade de Caraculo, Namibe, outra na Arimba, arredores do Lubango, e uma outra na comuna do Dongo, município da Jamba, província da Huíla, irão contribuir para acelerar a reconstrução dos 907 quilómetros de extensão que compreendem a linha férrea de Moçâmedes, que liga Namibe à província do Kuando-Kubango, passando pelo território da Huíla.

No entender de Júlio Bango Joaquim, para além das vantagens anunciadas, uma outra prende-se com o facto de as fábricas a serem erguidas estarem a ser concebidas para uma produção de oitocentas travessas de betão por dia cada.

A linha-férrea de Namibe-Kuando-Kubango é alvo nesta altura de uma intervenção por parte de empreiteiros chineses ao serviço do Gabinete de Reconstrução Nacional, órgão adstrito à Presidência da República, cujo objectivo central é devolver um novo traçado à linha e repô-la em funcionamento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH