Brasil: China foi em 2007 o principal mercado das exportações brasileiras de couro

25 January 2008

São Paulo, Brasil, 25 Jan – As exportações de couro do Brasil superaram pela primeira vez a marca de dois mil milhões de dólares em 2007, com a China a ser o principal mercado brasileiro, anunciou o Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB).

A China chamou a si 33 por cento das vendas de couro brasileiro essencialmente destinado para a indústria chinesa de móveis e de automóveis.

O segundo mercado brasileiro foi a Itália (28 por cento), seguida dos Estados Unidos (11 por cento).

“Pela primeira vez o nosso sector exportou mais do que o do calçado, tendo contribuido com mais 15 por cento na obtenção de divisas para o Brasil”, disse à macauhub o presidente do CICB, Luiz Bittencourt.

“A China sempre foi o nosso principal destino e o melhor é que este aumento não causou a falta de abastecimento do mercado doméstico, apesar de o sector do calçado ter reduzido a utilização de couro e aumentado o uso dos tecidos sintéticos, mais baratos”, disse.

As exportações brasileiras de couro em 2007 cresceram 17 por cento em relação a 2006 — passaram de 1,87 mil milhões de dólares para 2,19 mil milhões, de acordo com o CICB.

Para 2008, a previsão de Luiz Bittencourt é que”o mercado internacional continue activo e o sector continue a gerar crescentes divisas para o Brasil”.

O Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil é uma entidade federativa que representa cerca de 800 indústrias de curtumes que empregam 50 mil pessoas, movimentando um PIB estimado em 3,5 mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH