China: Mineradora brasileira Vale adia entrega de 180 mil toneladas de minério de ferro

25 January 2008

Pequim, China, 25 Jan – A empresa brasileira Vale cancelou a partida de navios trannsportando 180 mil toneladas de minério de ferro para a China agendada para Janeiro e Fevereiro, informou quinta-feira a imprensa estatal chinesa.

Segundo o jornal Beijing Times, a Vale (antiga Companhia Vale do Rio Doce) alega que o adiamento da entrega do ferro se deve a obras de extensão portuária no Brasil, que provoca congestionamentos e impede a entrega das encomendas.

No entanto, adianta o jornal, as empresas siderúrgicas chinesas consideram que este cancelamento é mais uma tentativa da empresa brasileira para pressionar as empresas chinesas a pagar um preço mais alto pelo minério por ocasião das negociações do valor da matéria-prima entre os dois países.

Desde Novembro do ano passado, esta é a terceira vez que a Vale adia a encomenda de minério de ferro para a China, diminuindo a quantidade exportada pela empresa brasileira em quatro portos principais, diz o Beijing Times.

Citado pelo Beijing Times, Du Wei, analista da indústria de ferro na China, afirmou que a Vale pretende pressionar o lado chinês para negociar o preço do ferro nas transacções sino-brasileiras.

A diferença entre o preço do ferro negociado para o contrato de longo termo e o preço do minério para as entregas imediatas é de 70 por cento, valores que vão originar posições opostas durante as conversações para o negócio no sector em 2008.

O preço do ferro duplicou em 2007, aumentando dos 700 renminbi por tonelada em Janeiro até aos 1400 renminbi por tonelada no início de Dezembro de 2007.

A Vale é a maior produtora mundial de minério de ferro e a China foi em 2006 o principal cliente da empresa, ao importar nos primeiros nove meses do ano 20,438 milhões de toneladas de minério de ferro e pelotas, ou 28,1 por cento do total das vendas da empresa no período.

O Brasil é o terceiro maior fornecedor de minério de ferro à China que é o maior consumidor mundial da matéria-prima, responsável por pouco mais de 40 por cento das importações globais.

O ministério chinês do comércio anunciou este mês que a exportação brasileira de ferro para a China aumentou seis por cento em 2007, o que fez crescer as exportações do minério brasileiro para um recorde de 105 milhões de toneladas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH