Macau: Empresários britânicos abrem escritório para criar novas oportunidades de negócios

25 January 2008

Macau, China, 25 Jan – A Associação dos Empresários Britânicos de Macau abriu quinta-feira em Macau um escritório de representação que pretende ser o “ponto de partida” para novas oportunidades de negócios e de apoio à comunidade empresarial britânica.

Henry Brockman, presidente da associação, disse que estão actualmente presentes em Macau cerca de 40 companhias britânicas ou com fortes interesses no Reino Unido, sendo que os principais sectores de actividade estão ligados às telecomunicações, aviação e imobiliário.

Sem dados oficiais relativos ao comércio bilateral, Henry Brockman revelou apenas que em termos de exportações, o Reino Unido vendeu a Macau produtos no valor de 21 milhões de libras em 2006 e que os indicadores “apontam para um crescimento nos próximos anos”.

“Com este escritório, passamos a ter um local permanente de reunião, de concentração das novas oportunidades e de troca de informações permanente que é útil à comunidade empresarial”, referiu, salientando que empresários britânicos establecidos localmente “estão interessados em apostar em áreas como o ambiente, aproveitando tecnologia avançada do Reino Unido”.

O novo escritório da associação, localizado no Centro de Apoio Empresarial de Macau do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM),foi inaugurado com a presença do Chefe do Executivo, Edmund Ho, do secretário da Economia, Francis Tam, e do cônsul-geral britânico para Hong Kong e Macau, Stephen Bradley.

A Associação dos Empresários Britânicos de Macau foi constituída em 2006, tendo como objectivo a promoção e a representação dos interesses empresariais e comerciais britânicos em Macau e na região, e actua como via de ligação entre o Governo e os empresários locais e do Reino Unido no sentido de criar oportunidades de negócio e contactos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH