Angola: Luanda pretende obter crédito bonificado dos países europeus

31 January 2008

Luanda, Angola, 31 Jan – O governo de Angola pretende diversificar as fontes de crédito e obter financiamento de países da Uniao Europeia, afirmou terça-feira em Luanda o ministro adjunto do primeiro-ministro, Aguinaldo Jaime.

“O governo angolano, embora tenha relações privilegiadas com a República Popular da China pela magnitude dos créditos que esse país está a colocar à sua disposição, pretende diversificar o conjunto de parcerias”, expressou o governante em entrevista ao programa “Grande Entrevista” da Televisão Pública de Angola (TPA).

“Nós temos créditos da China, mas precisamos de outros oriundos de países da União Europeia”, afirmou, sublinhando ser essa uma das razões pela qual Angola regularizou a dívida para com o Clube de Paris.

Na óptica de Aguinaldo Jaime, regularizada que está a dívida para com o Clube de Paris, abre-se a possibilidade para que países como o Reino Unido, França e Espanha possam colocar créditos bonificados à disposição de Angola para alavancar o crescimento e desenvolvimento.

O governante evocou que, a par da liquidação da dívida com o Clube de Paris, o país já havia ultrapassado a dívida com alguns países membros desta instituição (Clube de Paris), como Portugal, Espanha e Polónia, mas na base bilateral.

Na mesma entrevista, Aguinaldo Jaime que o envididamento de Angola está “controlado” e que o actual défice fiscal de Angola sobre o PIB é moderado, rondando entre oito a nove por cento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH