China: Banco Mundial revê em baixa crescimento económico em 2008

5 February 2008

Pequim, China, 05 Fev – O crescimento económico da China deverá baixar 1,2 pontos percentuais em 2008 para 9,6 por cento, devido ao enfraquecimento das perspectivas económicas mundiais, segundo previsões que o Banco Mundial (BM) segunda-feira divulgou em Pequim.

“A redução do crescimento económico mundial deverá afectar as exportações chinesas e o investimento estrangeiro no país no sector da produção comercial”, considerou David Dollar, director do banco para a China, num comunicado que acompanha o relatório trimestral do BM sobre a economia do país.

O BM, no entanto, não considera como negativa a quebra no crescimento chinês e refere que a China está numa posição macroeconómica “forte” para estimular a procura e a economia reduzindo impostos e facilitando a atribuição de crédito caso “o abrandamento económico global” – o banco evita a palavra recessão – seja “mais pronunciado”.

“De qualquer das formas, o ritmo de crescimento da economia deve manter-se robusto e um abrandamento global pode contribuir para reequilibrar a economia”, refere a análise do banco.

A economia chinesa, a quarta maior do mundo, cresceu 11,4 por cento em 2007, a mais rápida expansão nos últimos 13 anos e o décimo ano consecutivo com crescimento superior a 10 por cento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH