Brasil: Ministra do Turismo quer abrir escritório de promoção na China

12 February 2008

São Paulo, Brasil, 12 – A ministra do Turismo, Marta Suplicy, anunciou em São Paulo que o Brasil estuda a instalação de um escritório de promoção na China com o objectivo de incrementar o fluxo turístico entre os dois países, de acordo com a agência Estado.

“Até 2010, a previsão é de que serão 50 milhões de turistas chineses no mundo. Em 2020, serão 100 milhões. E, nós, queremos uma parte desses turistas”, afirmou a ministra durante as comemorações do Ano Novo Chinês, realizadas em São Paulo.

Marta Suplicy anunciou ainda que visitará a China duante o primeiro trimestre do ano para abordar o assunto com as autoridades de Pequim.

A ministra do Turismo revelou igualmente que o escritório a ser aberto na China será uma parceria com a Argentina.

O Brasil e Argentina já são parceiros num escritório voltado para a promoção dos destinos turísticos dos dois países no Japão, em funcionamento há quatro anos.

A agência de turismo da China também estuda a instalação de um escritório de promoção no Brasil, provavelmente em São Paulo.

Actualmente, o Japão é o maior mercado emissor de turistas da Ásia para o Brasil, com uma média anual de 74 mil turistas, de acordo com dados oficiais brasileiros.

Dados oficiais brasileiros indicam que em 2006 entraram no Brasil 37 mil turistas chineses, contra 18 mil visitantes no ano anterior.

A China atribuiu em 2005 ao Brasil o estatuto de destino turístico aprovado, que permite aos cidadãos chineses viajar em grupo sem necessidade de autorização de saída por parte de Pequim. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH