Brasil: Exportação de soja brasileira vai ultrapassar a dos EUA

13 February 2008

São Paulo, Brasil, 13 Fev – As exportações brasileiras de soja deverão ser o triplo das dos Estados Unidos da América dentro de dez anos, de acordo com projecçoes de longo prazo divulgadas terça-feira em Washington pelo Departamento de Agricultura (USDA, na sigla em inglês).

De acordo com o Relatório de Projeções Agrícolas do USDA, as vendas de soja do Brasil no exterior deverão passar de 30,7 milhões de toneladas na actual época 2007/08 para 62,9 milhões de toneladas em 2017/18 enquanto as exportações norte-americanas deverão recuar de 26,5 milhões de toneladas para 22,5 milhões de toneladas no período.

Na época passada, os Estados Unidos da América foram os maiores exportadores mundiais de soja mas este ano, se as previsões se confirmaram, o Brasil será o líder.

De acordo com o governo dos Estados Unidos da América, a produção norte-americana de soja deverá estabilizar-se nos próximos anos, em favor da produção de milho, que deverá crescer, ao mesmo tempo que haverá uma maior procura interna por soja devido ao aumento da produção de biodiesel.

Do lado dos compradores, a China, maior importador de soja do mundo, deverá aumentar as suas compras dos actuais 33,5 milhões de toneladas para 36,2 milhões de toneladas em 2008/09 e deve chegar a 2017/18 com aquisições de 58,3 milhões de toneladas.

A União Europeia (UE), segundo maior importador, deverá manter as suas compras entre 14 milhões e 15,5 milhões de toneladas de soja nos próximos dez anos, de acordo com o USDA. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH