Cabo Verde: Grupo Cimpor constrói navios para aumentar exportações

15 February 2008

Praia, Cabo Verde, 15 Fev – O grupo cimenteiro português Cimpor vai investir 16 milhões de euros em navios especiais de transporte de cimento para Cabo Verde, afirmou quinta-feira na cidade da Praia um administrador do grupo.

Em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, César Abreu disse que os navios estão a ser projectados e construídos tendo em conta as características dos portos de Cabo Verde, com cais de encosto pouco compridos, pelo que os barcos também serão mais curtos mas mais largos do que o habitual.

O grupo Cimpor, através da empresa Cimentos de Cabo Verde, é responsável por 80 por cento do abastecimento da matéria no país, onde nos últimos anos tem vindo a crescer o consumo.

Na origem do crescimento estão os grandes investimentos no turismo nas ilhas do Sal e da Boa Vista mas também na ilha de Santiago, com a construção de várias cadeias de hotéis, empreendimentos turísticos e muitos prédios, quer de habitação quer de escritórios.

O cimento que se gasta em Cabo Verde é colocado no mercado pelo grupo Cimpor/Cimentos de Cabo Verde e, em menor quantidade, pelo grupo também português Secil. Em Cabo Verde existe ainda uma fábrica de um grupo italiano que distribui cimento, mas a matéria-prima é importada.

“O fabrico do cimento depende do calcário. Em Cabo Verde a única ilha que tem calcário é a ilha do Maio, onde uma empresa chinesa tem um projecto de exploração futura”, disse César Abreu.

A Cimpor está em Cabo Verde desde 2005, através da empresa Cimentos de Cabo Verde. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH