Cabo Verde: Instituto de Estatística apresentou nova metodologia do Índice de Preços no Consumidor

18 February 2008

Praia, Cabo Verde, 18 Fev – O Instituto Nacional de Estatísticas (INE) apresentou sexta-feira, na Praia, o novo cabaz do Índice de Preços de Consumidor (IPC), baseado em normas internacionais.

No acto da apresentação do novo IPC, o presidente do INE, António Duarte, disse que a adaptação às normas internacionais vai ao encontro das recomendações da Organização Mundial do Trabalho (OMT) e dos padrões de harmonização do IPC na União Europeia.

Este indicador, que tem como ano base o ano 2007 é, na óptica do INE, um instrumento com muito maior grau de fiabilidade e será mais representativo da realidade cabo-verdiana.

Com este novo instrumento de avaliação dos preços de um conjunto de bens e serviços, haverá, igualmente, uma melhor cobertura geográfica, pois cobrirá as ilhas de Santiago, São Vicente e Santo Antão.

No novo IPC vão manter-se também nos três pontos de consumo de referência: Praia, Mindelo e Zonas Rurais. De acordo com o INE, o novo IPC será calculado com base num maior número de observações.

Este sistema segue as últimas inovações metodológicas introduzidas pela Organização Internacional de Trabalho (OIT) para cálculo dos preços e utiliza o COICOP, a nomenclatura da ONU para o IPC.

O anterior IPC remonta ao Inquérito às Despesas e Receitas das Famílias, feito em 1989, e já não reflectia os hábitos de consumo dos cabo-verdianos, o que induz a cálculos errados, nomeadamente da taxa de inflação. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH