Angola: Projectos portugueses em valor superior 370 milhões de euros aguardam por nova linha de crédito

20 February 2008

Lisboa, Portugal, 20 Fev – Projectos de investimento portugueses em Angola, que totalizam 370 milhões de euros, encontram-se a aguardar por uma nova linha de crédito entre os dois países, afirmou terça-feira em Lisboa o presidente da Companhia de Seguro de Créditos (COSEC).

Gomes da Costa, que falava à agência noticiosa portuguesa Lusa no decurso de um seminário promovido pela Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola (CCIPA), acrescentou que a solução passa por uma decisão política dos governos de Lisboa e Luanda.

As anteriores linhas de crédito, uma de 100 milhões de euros e a segunda de 300 milhões de euros, já estão esgotadas.

O crescimento da economia angolana explica aquela situação, depois de em 2006 as exportações portuguesas para Angola terem aumentado quase 50 por cento, até Novembro de 2007.

A linha de crédito de 300 milhões de euros, anunciada aquando da visita que o primeiro-ministro português José Sócrates efectuou em Abril de 2006 a Angola, ficou esgotada em Dezembro desse ano.

O presidente da COSEC disse ainda que, segundo as regras definidas pela linha de crédito, a aprovação dos projectos era sempre feita consoante as prioridades definidas por Angola.

“Qualquer alargamento (da linha de crédito de 300 milhões de euros) irá funcionar dentro destes moldes”, acrescentou.

Gomes da Costa salientou, por outro lado, que além dos projectos portugueses que aguardam por uma nova linha de crédito, o próprio Ministério das Finanças de Angola já inventariou, na sua página na Internet, mais projectos de investimento, que totalizam 170 milhões de euros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH