Hong Kong: Importações do Brasil crescem 30 por cento em 2007

25 February 2008

Hong Kong, China, 25 Fev – As importações de Hong Kong provenientes do Brasil em 2007 aumentaram 30 por cento em relação a 2006 cifrando-se em 1,3 mil milhões de dólares, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) a que a agência Macauhub teve acesso.

Carnes congeladas de frangos e suínos lideraram as exportações brasileiras para Hong Kong correspondendo a 60 por cento das exportações do Brasil para a Região Administrativa Especial chinesa.

O Brasil exportou ainda couro, madeira, pedras preciosas, granito, óleo de soja, tabaco e castanha-do-pará entre outros.

Segundo dados do MDIC, o Brasil importou em 2007 de Hong Kong produtos avaliados em cerca de 600 milhões de dólares o que representa uma queda de 10 por cento em relação a 2006.

O comércio bilateral total entre Hong Kong e o Brasil totalizou 1,935 mil milhões de dólares em 2007, um aumento de 14 por cento em relação a 2006.

O cônsul-geral do Brasil em Hong Kong, Ricardo Drummond de Mello, disse, no entanto, à macauhub que grande parte do material importado por Hong Kong destina-se ao mercado da China.

“Há muito importadores instalados em Hong Kong, mas os produtos entram por aqui e são distribuídos no continente chinês”, disse o diplomata, acrescentando que isso acontece porque “há muitas facilidades logísticas em Hong Kong”, dada a boa estrutura portuária.

Em 2007, cerca de 20 milhões de toneladas de mercadorias passaram mensalmente pelo porto de Hong Kong, segundo dados do Departamento de Censos e Estatísticas de Hong Kong.

As importações e exportações totais de Hong Kong em 2007 atingiram 5,6 biliões de dólares sendo 47,5 por cento referente ao comércio com a China.

O comércio entre Hong Kong e o Brasil representou apenas 0,03 por centoda balança comercial da Região Administrativa Especial chinesa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH