Angola: Presidente da Sonangol afirma interesse em comprar 49,4 por cento do Banco Fomento Angola

26 February 2008

Luanda, Angola, 26 Fev – A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol) está a negociar, em Lisboa, com o Banco BPI a aquisição de 49,9 por cento do Banco Fomento Angola (BFA), afirmou segunda-feira em Luanda o seu presidente Manuel Vicente.

Num encontro com jornalistas e referindo-se, em geral, à entrada da empresa no capital de diferentes empresas portuguesas, o presidente da Sonangol recordou que a empresa está a investir no âmbito de uma “política de Estado”.

O Banco BPI detém actualmente 100 por cento do capital do BFA, que é o líder do sector bancário em Angola.

Decorrem também as negociações com o Santander Totta e a Caixa Geral de Depósitos (CGD) para a compra de 25 por cento do Totta Angola, adiantou o presidente do maior grupo empresarial de Angola.

As entradas no BFA e no Totta Angola são os dois próximos passos da estratégia de investimentos da Sonangol no sector da banca associada a grupos portugueses, depois de ter entrado no capital do Millennium BCP e ter assinado com este banco um acordo para adquirir 49,99 por cento do Millennium Angola.

A Sonangol, recorde-se, entrou em 2007 no capital do Millennium bcp e é já o quinto maior accionista, com pelo menos 5,0 por cento e interesse declarado em reforçar. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH