Brasil: Empresa brasileira vai fornecer tecidos para montadora chinesa no Mercosul

4 March 2008

São Paulo, Brasil, 03 Mar – O primeiro modelo de veículo produzido pela chinesa Chery na América do Sul vai ter, em exclusivo, tecidos produzidos pela Aunde Brasil, afirmou segunda-feira em São Paulo o director administrativo da empresa brasileira.

“O contrato para fornecimento comercial foi fechado no final de 2007. Os produtos são todos feitos sob encomendada da Chery”, afirmou à macauhub Vanderlei Aleluia Oliveira.

O primeiro modelo da Chery a ser produzido na região é o Tiggo, que será montado em Montevideu, no Uruguai, com uma previsão de 25 mil veículos por ano.

De acordo com Oliveira, a produção terá início este mês e parte dos veículos deverá ser exportada para outros membros do Mercosul (formado também por Argentina, Brasil e Paraguai).

O Tiggo é um utilitário desportivo (SUV) com motor de quatro cilindros, “air bag” duplo, travões ABS, ar condicionado e direcção hidráulica.

A previsão da Aunde é fechar novas parcerias com a montadora chinesa.

“Esperamos que este seja apenas o primeiro contrato com a Chery, que planeia investir em outros projectos no Mercosul nos próximos anos”, disse o gerente administrativo.

No ano passado, a Chery vendeu 381 mil veículos e prevê comercializar 480 mil este ano, de acordo com Oliveira.

“A Aunde Brasil acredita no potencial das empresas chinesas e está a estudar projetos para o crescimento conjunto com esse mercado”, completou.

O grupo Aunde está presente em 15 países. No Brasil, também fornece tecidos de revestimento para montadoras como Fiat, Ford, Volkswagen e General Motors.

Com sede na cidade de Poá, no Estado de São Paulo, região sudeste do Brasil, a Aunde Brasil, produtora de tecidos para revestimento interno de veículos, tem mais duas unidades no país e conta com cerca de 1.500 funcionários. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH